Francisco Vieira de Carvalho, candidato apoiado pelo PS à Câmara Municipal da Maia, anunciou a intenção de concorrer à autarquia no passado dia 11 de janeiro. O filho do histórico líder da direita maiata encabeçará assim a lista que durante décadas liderou as criticas ao seu pai. Enquanto o candidato se apresentou como independente, o Partido Socialista, em dissonância, classificou-o como um candidato do partido. A informação agora revelada mostra que, nessa altura, Francisco Vieira de Carvalho era na verdade militante do PSD.

Cozinca

Segundo fontes próximas do processo, Francisco Vieira de Carvalho seria ainda militante do PSD à data do anúncio da sua candidatura. De acordo com os documentos a que tivemos acesso, publicados na página de Facebook “O Tambor da Maia”, a carta com o pedido de desfiliação no Partido Social Democrata terá dado entrada em Lisboa apenas a 30 de janeiro, sendo que o candidato foi apresentado como independente, apoiado pelo PS, a 11 de janeiro.

( Pedido de desfiliação enviado por Francisco Vieira de Carvalho )

Francisco Vieira de Carvalho carta( Registo do pedido no Partido Social Democrata, datado de 30 de janeiro )Registo PSd Francisco Vieira de Carvalho

(Publicação na página de Facebook, Tambor da Maia)

Tambor da Maia - Crónica de um embuste anunciado - Francisco Vieira de Carvalho

Assim sendo, à data da apresentação da sua candidatura, o candidato apoiado pelo PS era ainda estatutariamente um militante do PSD, com plenos direitos. Tudo indica que a carta terá sido escrita antes do anúncio da candidatura, mas remetida apenas posteriormente, após a confirmação no PS Maia.

Os documentos obtidos desmentem o texto publicado por Francisco Vieira de Carvalho nas redes sociais, onde se pode ler que em 2008 saiu “do PSD por vontade pessoal”, comprovando que o mesmo se manteve militante do PSD até ao inicio deste ano.

No inicio desta semana, a contestação interna no Partido Socialista subiu de tom, tendo mesmo levado à intervenção, em Assembleia Municipal, do deputado António Teixeira. Este teceu duras críticas à equipa que lidera os socialistas no concelho, chegando mesmo a afirmar que estes “abrigam ressabiados, pecadores de toda a natureza, sobretudo do PSD”.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.