Notícias Maia

Web Summit vai manter-se em Portugal nos próximos 10 anos

Partilhas

A conferência de tecnologia Web Summit vai continuar em Portugal, organizada em Lisboa até 2028. Evento custa 11 milhões de euros por ano ao Estado.

Foi confirmado e divulgado hoje, quarta-feira, dia 3 de outubro, que a Web Summit fica em Portugal durante a próxima década.

Portugal investiu durante estes três últimos anos, 1,3 milhões por edição e para garantir que o evento se mantém em Lisboa, sobe o valor para 11 milhões de euros, repartidos entre Fundo de Desenvolvimento Turístico lisboeta e Ministério da Economia, avançou Manuel Caldeira Cabral, hoje de manhã.

300 milhões de euros

O Governo estima que o impacto económico anual do evento, seja de 300 milhões de euros em turismo e serviços associados.

Cláusula de 340 milhões de euros

O Web Summit fica obrigado a pagar uma cláusula de 340 milhões de euros por ano, a Portugal, se sair do país antes do período do contrato anunciado hoje.

30 milhões de euros

António Costa, primeiro-ministro de Portugal, disse esta manhã, na mesma conferência de imprensa, que o Web Summit gerou 30 milhões de euros em receitas fiscais, na edição de 2017.

O Web Summit é organizado em Lisboa desde 2016 e este ano vai decorrer entre 5 a 8 de novembro, no Altice Arena. Lisboa tinha como concorrentes para a organização do evento, Valência, Madrid e Londres.

COMENTE

Publicidade

Publicidade

media & meios

Newsletter

Top