Notícias Maia

Continente Logística da Maia em greve por aumento salarial

Partilhas

O Sindicato dos Trabalhadores do Comércio e Serviços de Portugal (CESP) convocou uma greve de 24 horas a partir das 17:00 de quinta-feira para os trabalhadores da Continente Logística, na Maia, por um aumento salarial.

Em declarações à Lusa, Jorge Pinto, do CESP, disse que a greve foi decidida em dois plenários de trabalhadores, pela falta de aumentos salariais há quatro anos, mas também pela necessidade de negociação de um “caderno reivindicativo com uma série de questões do dia-a-dia das empresas”.

Por seu lado, o Continente, numa resposta por escrito à Lusa, referiu que “as matérias relacionadas com as reivindicações dos trabalhadores da Continente Logística da Maia prendem-se com as definições do contrato coletivo de trabalho, cuja gestão está sob a responsabilidade da Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição”.

“Refira-se ainda que a ação preparada pelos trabalhadores para o dia 19 de dezembro mereceu toda a atenção do Continente. Nesse sentido, foram tomadas as medidas preventivas necessárias, pelo que não se perspetivam impactos significativos na operação”, acrescentou a empresa.

Jorge Pinto sublinhou que os “trabalhadores estão cansados desta situação, de uma empresa onde são dos que mais trabalham”, sendo uma função “muito penosa e dura” com um salário próximo do mínimo.

Sobre o eventual impacto da greve na distribuição para as lojas da região Norte, Jorge Pinto admitiu que é possível que venha a acontecer, embora tenha recordado que, “por vezes, as empresas recorrem a trabalhadores de trabalho temporário para substituir os grevistas”, algo que lembrou ser “uma ilegalidade”.

Fonte: portocanal.sapo.pt

COMENTE

Partilhas
Top