Notícias Maia

Maia é o segundo município mais exportador da zona norte

Partilhas

Segundo o relatório ‘Norte Estrutura’, divulgado pela Comissão de Coordenação da Região Norte (CCDR-N), o município da Maia é o mais exportador na Área Metropolitana do Porto e o segundo que mais exporta na Zona Norte, apenas atrás de Vila Nova de Famalicão.

A atividade exportadora, de acordo com o relatório, concentra-se na sua maioria em oito concelhos, que contribuem com mais de 50% das exportações de mercadorias, num universo de 86 municípios. Vila Nova de Famalicão, assegura 9,5% das exportações, seguindo-se a Maia, responsável por 7,1%, Guimarães por 6,8%, Vila Nova de Gaia também por 6,8% e Santa Maria da Feira exportou 6,4%, seguindo-se Braga com 5,4%, o Porto com 5,1% e Viana do Castelo com 4,0%, resultado idêntico a Oliveira de Azeméis.

A região norte representa 40% das exportações nacionais, tendo as empresas com sede no norte, exportado mercadorias no valor de 20,5 mil milhões de euros, face a importações no valor de 14,7 milhões de euros, gerando desta forma, um excedentário de 5,8 mil milhões, segundo o relatório Norte Estrutura.

O setor têxtil-vestuário dominou as exportações da Zona Norte, com cerca de um quinto do valor das exportações, enquanto o principal parceiro comercial da região é a Espanha. Seguem-se o setor da indústria automóvel e florestal.

O município da Maia atingiu em 2016 o melhor ano de sempre no que concerne a exportações, passando a ocupar a 5ª posição do ranking a nível nacional, com um valor de 1 453 291 386,00 €, dos quais 1 023 680 240,00 € são pertencentes ao comércio INTRA-UE e os restantes 429 611 146,00 € ao comércio EXTRA-UE.

COMENTE

Partilhas
Top