Signal-by-John-Stanmeyer_770x433_acf_cropped

World Press Photo leva o melhor do fotojornalismo mundial à Maia

Depois de Lisboa, o Fórum da Maia. É lá que o público vai poder ver gratuitamente, entre 28 de novembro e 18 de dezembro, os vencedores do 57.º World Press Photo, concurso que premeia os melhores trabalhos de fotojornalismo do mundo.

A imagem que retrata migrantes africanos na costa de Djibouti a tentar apanhar a rede de telemóvel da vizinha Somália, onde as chamadas são mais baratas, foi a grande vencedora, entre quase 100 mil candidatas. Da autoria de John Stanmeyer, a fotografia intitulada “Signal”, foi captada a 26 de fevereiro de 2013 e publicada na revista National Geographic, onde Stanmeyer trabalha.

“É uma foto que está ligada a tantas outras histórias que abre discussões sobre a tecnologia, a globalização, a migração, a pobreza, o desespero, a alienação e a humanidade. É uma imagem muito sofisticada… tão poética e ainda cheia de significado, que transmite questões de grande gravidade e preocupações no mundo de hoje”, declarou um dos membros do júri, Jillian Edelstein.

Arte e entretenimento, assuntos contemporâneos, natureza, retratos, desporto. Uma visita ao World Press Photo é uma viagem pelos acontecimentos que marcaram o ano de 2013. Como os atentados na maratona de Boston, a situação no Médio Oriente, o adeus a Mandela. Mas também ao bom e ao mau da vida quotidiana, desde violência doméstica à experiência de nadar com tubarões.

A exposição percorre, este ano, mais de 100 cidades em cerca de 45 países. A última oportunidade para a visitar em Portugal acontece até 18 de dezembro, de segunda-feira a sábado entre as 09h00 e as 23h00 e aos domingos das 10h00 às 18h00.

Fonte: observador.pt

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *