Notícias Maia

5 Formas de Combater a Solidão na Terceira Idade

©DR
Partilhas

Segundo os dados da Operação Censos Sénior de Outubro, divulgados pela Guarda Nacional Republicana, existem cerca de 41 mil idosos que vivem isolados ou em situação vulnerável.

Neste grupo de pessoas estão incluídos não só os Idosos que vivem em aldeias remotas mas também os que vivem no centro de grandes cidades. A solidão não discrimina. É possível estar-se sozinho, mesmo rodeado de gente.

Esta informação é ainda mais pertinente no período de Natal que se aproxima, no qual é comum sermos contagiados com a azáfama da compra de presentes, cozinhados e decorações e esquecemo-nos que alimentar uma comunidade é construir inclusão.

Esta época pode, por isso mesmo, ser a mais querida e a mais temida. Se por um lado, as crianças conseguem criar frescas memórias e anseiam pela festa que se avizinha, os mais velhos lembram tempos passados, muitas vezes mais felizes, e receiam o frio do esquecimento.

O que podemos, então, fazer para melhorar a experiência dos nossos seniores, sejam familiares, amigos ou vizinhos?

  • Ouça ativamente! Uma conversa honesta e empática é o melhor caminho para um processamento saudável de emoções e tem a capacidade de elevar o humor.
  • Caso não possa estar fisicamente presente, telefone e relembre o seu familiar da importância que tem na sua vida, todos os dias.
  • Seja gentil, mesmo nos momentos mais difíceis. Escreva um postal surpresa, convide para um lanche sem pressas e mostre interesse genuíno pelas histórias que partilham, mesmo quando as ouve pela décima vez.
  • Esforce-se para simplificar as suas celebrações. Esta pode ser uma boa oportunidade para mostrar ao seu familiar mais velho o que aprendeu com ele: que o que mais importa é a família e a amizade.
  • Inclua o Idoso nas suas atividades. Nesta época, por exemplo, pense nos preparativos de forma inclusiva, pedindo opiniões, criando decorações em conjunto e fazendo perguntas sobre receitas e tradições antigas.

Talvez o ato mais importante agora e em todos os momentos do ano será demonstrar amor. Independentemente do que decidir fazer com o seu familiar, vizinho ou amigo, o tempo é o presente mais valioso que lhe poderá dar.

Na Culsen damos especial importância a esta época, respondendo com prontidão, para que os nossos Clientes sejam sempre cuidados e acompanhados, particularmente quando os familiares não podem.

Aproveitamos esta ocasião para elogiar e deixar um especial agradecimento aos nossos Cuidadores que prescindem do Natal em sua casa para vestir verdadeiramente a pele de filha(o), irmã(o) e neta(o) do Idoso de quem cuidam.

A Culsen deseja a todos um Feliz Natal repleto de partilha e um Novo Ano com ainda mais esperança e carinho pelos mais Idosos ou dependentes.

COMENTE

Publicidade

Publicidade

media & meios

Newsletter

Top