Notícias Maia

A escola de dança para todos agora no centro da Maia

Partilhas

Abriu na última sexta-feira no centro da Maia, um novo espaço da Killer Crew, a escola que quer levar a dança até todos.

A escola, na altura apelidada de Slave Dance, abriu em 2005 em S. Pedro Fins, com o apoio do anterior Presidente da Junta, Joaquim Marques Gonçalves.

O espaço era disponibilizado pela Câmara Municipal da Maia, bem como os seguros, e cabia aos professores da altura Diogo Cc e Né Marques trazer as danças urbanas a todos. O objetivo da Junta de Freguesia era dinamizar a camada jovem pelos preços mais baixos da Maia – o lema seria “dança para todos”.

Após 13 anos foi necessário criar um novo polo, quer pelo número de pessoas que pediam uma escola mais centralizada, quer pela entrada efetiva de uma nova professora – a Tânia Tedim -, que traz agora a vertente de contemporâneo para a equipa.

O grupo, que ganhou o 1º lugar do concurso de talentos High Strung, chegou às semi-finais da Yorn Dancers, ao top 80 do Got Talent, trabalhou com cantores, participou numa novela da RTP e recebeu inúmeros pódios em competições nacionais, continua a investir no lema original e tem aulas a partir de 10€/mês.

Em breve pretende criar mais horários e aceitar ainda mais espetáculos, promovendo a Maia e a sua visão das danças urbanas no país. Veja mais aqui.

Espaço 1 – Pavilhão Municipal S. Pedro Fins: Alameda Manuel António Dias Moutinho
Espaço 2 – Ginásio Desafios: Rua Agra da Portela. 4470-227 Maia

COMENTE

Publicidade

media & meios

Newsletter

Top
Fórum da Maia - 30 de novembro - 21.30h

Salvador Martinha

Salvador Martinha vai finalmente apresentar o seu novo espetáculo de Stand-Up, Cabeça Ausente, no Fórum da Maia. Compre já o seu bilhete.
close-link