Notícias Maia

Aeroporto Sá Carneiro a salvo da falta de combustível

Partilhas

O aeroporto localizado na Maia não será afetado pela falta de combustível causada pela greve dos motoristas de matérias perigosas, pelo facto de ser “abastecido por pipeline desde Leça da Palmeira“.

O jornal Eco destaca a existência desta ligação direta, que abastece o Sá Carneiro através de um pipeline, desde Leça da Palmeira. Esta pode tornar-se uma solução para as companhias aéreas, contornando as dificuldades criadas pela greve.

A ANA recomenda aos passageiros com voos marcados para os Aeroportos de Lisboa e Faro para se informarem junto das companhias aéreas, lamentando “o transtorno causado”.

A greve nacional dos motoristas de matérias perigosas começou à meia-noite desta segunda-feira e terá duração indeterminada, exigindo o reconhecimento da categoria profissional específica.

COMENTE
CBaviera_Maia

Publicidade

Publicidade

media & meios

Newsletter

Mais Populares

Top