Prepara-se agora para implementar o Projeto ECO – Educar. Cuidar. Orientar.

A SEMENTE, Associação de Voluntários LIPOR, vai utilizar a doação de 50 mil euros da Ferrovial para implementar o Projeto ECO – Educar. Cuidar. Orientar.

Cozinca

O Projeto tem como objetivo apoiar famílias que em contexto pandemia e pós-pandemia venham a ver a sua situação económica e estabilidade familiar abalada e que passem por momentos críticos e de necessidade por motivos como o desemprego ou redução salarial.

O Projeto ECO – Educar. Cuidar. Orientar. conta com quatro eixos de intervenção e apoio: Alimentar, Educação, Emprego e Saúde. Uma família poderá usufruir de apoio a um só eixo, ou, em instância mais grave, nos quatro eixos.

Susana Abreu, gestora da Unidade de Negócio Internacional e responsável pela SEMENTE, explicou ao NOTÍCIAS MAIA, no que respeita ao eixo Alimentar, “serão adquiridas “cestas” básicas de alimentos a distribuídas pelas famílias com uma periodicidade pré estabelecida”.

No eixo da Educação, “prevemos apoiar as famílias na aquisição de equipamentos informáticos, material escolar e afins”.

No Emprego, “a ideia é preparar e ajudar as famílias que procuram e buscam emprego”. A ajuda passará por ajudar a preparar uma entrevista, um currículo, entre outros.

No que diz respeito à Saúde, “a ideia é acompanhar famílias a consultas, caso seja necessário, tratamentos, etc. Em instâncias mais graves poderemos ainda ajudar na aquisição de medicação, por exemplo”.

Questionada sobre a possibilidade de continuar este projeto depois de esgotada a doação de 50 mil euros, Susana Abreu explicou que “a ideia será continuar, caso a situação familiar dos apoiados não melhore”. Ainda assim, “os apoios devem ser sempre encarados como temporários e não em regime de permanente, pois pretendemos ajudar as famílias a ultrapassar as situações difíceis, incutindo-lhe o espirito de busca de soluções e dando-lhes ferramentas para que com autonomia consigam ultrapassar o problema”, explica.

Câmara da Maia anuncia distribuição de máscaras aos mais carenciados

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.