fbpx

Notícias Maia

Câmara da Maia reforça protocolo para a saúde sénior

© DR
Partilhas

O Protocolo Saúde Sénior 60+ pretende melhorar a saúde física, mental e bem-estar social dos idosos.

O Programa Municipal Saúde Sénior 60+ entrou em vigor no ano letivo de 2014/15 e vai na sua 6ª edição. Este programa tem como objetivo promover a saúde física, mental e bem-estar social. Isto porque, para o município, são “bens imprescindíveis a uma vida completa, saudável, ativa, socialmente integrada e feliz”.

Para sublinhar os objetivos deste programa foram assinados, hoje, dia 30 de outubro, os protocolos de cooperação institucional Saúde Sénior 60+ para o ano letivo de 2019/2020. Um acordo entre a Câmara Municipal da Maia e 16 públicas e solidárias do concelho.

Na cerimónia estiveram presentes os representantes das instituições envolvidas que, um a um, assinaram este protocolo. Depois das assinaturas, o presidente da CMM, António Silva Tiago, falou aos presentes e mostrou-se satisfeito com este feito que tem “um relevante significado simbólico para todos”. Silva Tiago explicou que é “uma obrigação social integrar o contributo dos mais velhos na construção de uma sociedade mais feliz”. Terminou referindo que fica “feliz por saber” que “a Maia é vista como uma cidade amiga dos idosos”.

O programa

Este programa Municipal Saúde Sénior 60+ “inclui um amplo leque de atividades, nomeadamente treino cognitivo, terapia com animais e, mais especificamente, com cavalos, primeiros socorros e risco de queda, gestão de medicamentos, a promoção da escovagem dos dentes ou um simulacro de evacuação”.

Neste próximo ano estará ainda prevista uma exposição de fotográfica, música para seniores, o desafio Pedómetro 60+, um workshop de culinária, concurso Master Chef, o evento “à mesa dos 6 aos 60+” e “brincar dos 6 aos 60+”, assim como encontros intergeracionais e um city tour. O Programa Municipal Saúde Sénior 60+ inclui ainda artes plásticas, pintura em tela e arte com pasta de papel.

Os objetivos e atividades, assim como todas as instituições envolvidas, podem ser consultadas no website oficial da Câmara.

Este projeto de cooperação social tem como parceiros científicos a Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto, a Escola Superior de Saúde de Santa Maria, o Instituto Universitário da Maia e a Universidade Fernando Pessoa.

A relação do município com os idosos

Segundo página oficial, a ” Câmara Municipal da Maia, tem vindo a promover desde a década de 90, um conjunto de atividades especialmente dirigidas à população idosa residente no concelho, abrangendo áreas tão diversificadas como o lazer, a cultura, a atividade física e desportiva, o encontro entre gerações, no claro objetivo de promover o envelhecimento ativo e saudável, quer individual quer coletivo e de combater o isolamento e a solidão”.

Desde 16 de janeiro de 2013, o Município da Maia integra a Rede Mundial das Cidades Amigas das Pessoas Idosas, promovida pela Organização Mundial de Saúde.

COMENTE

Publicidade

Publicidade

media & meios

Newsletter

Mais Populares

Top