“Que desafios geopolíticos 30 anos após o fim da guerra fria?”, é o este o mote para a conferência sobre geopolítica que vai estar em debate este sábado, às 10 horas, no Salão Nobre dos Paços do Concelho. A iniciativa insere-se na exposição do World Press Photo junta políticos e investigadores.

Em 1989, com a queda do muro de Berlim, houve uma corrente que teorizou o fim da História, mas quando o mundo deixou de ficar dividido em dois blocos geopolíticos não foi isso que aconteceu. É a realidade da imergência de novas potências, do terrorismo e da questão dos refugiados, entre outras questões, que vai estar em debate.

DS Crédito

“Que desafios Geopolíticos, 30 anos após a guerra fria” é a pergunta que serve de mote para a conversa de Fernando Jorge Cardoso – Investigador do Instituto Marquês de Valle Flôr; Ana Isabel Xavier – Professora e Investigadora Universitária e Ilda Figueiredo – Presidente do Conselho Português para a Paz e Cooperação.

Entre os oradores convidados encontra-se Fernando Jorge Cardoso, Coordenador do gabinete de estudos estratégicos e do desenvolvimento do Instituto Marquês do Valle Flôr, Ana Isabel Xavier, Investigadora e Professora Universitária na Universidade Autónoma e no ISCTE, e Ilda Figueiredo, Presidente do Conselho Português para a Paz e Cooperação.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.