Há pelo menos 25 infetados com o novo coronavírus na Maia. Nas últimas 24 horas, o número de casos confirmados aumentou em 13, mais do dobro do dia anterior.

Não é demais lembrar. Fique em casa. Cumpra o isolamento, não corra riscos desnecessários e, acima de tudo, não corra o risco de se contagiar ou de contagiar alguém mais vulnerável.

Ordem dos Advogados Maia

O número de casos confirmados de Covid-19 no concelho da Maia aumentou 108%, apenas entre ontem para hoje. Se a contagem tinha subido lentamente de 8 para 10 e posteriormente para 12, hoje mais do que duplicou, estando agora diagnosticadas com Covid-19 um total de 25 pessoas, sabe o NOTÍCIAS MAIA.

A maioria dos infetados é de idade avançada e atualmente são pelo menos 7 os profissionais de saúde contaminados. Há uma predominância de infetados na freguesia de São Pedro Fins, segundo fonte que está a acompanhar o caso na Maia.

Tal como tínhamos avançado, a Unidade de Saúde Familiar (USF) Pirâmides encerrou, e o mesmo ocorreu com a USF Odisseia (ambas localizadas junto ao Estádio Prof. Dr. Vieira de Carvalho) , sendo expectável que o mesmo possa ocorrer noutras Unidades de Saúde Familiar, devido a profissionais de saúde infetados.

Com esta atualização diária e tendo em conta os números do mais recente boletim da DGS, os 25 casos até agora detetados na Maia representam 8.,7% do casos positivos na região Norte de Portugal (289).

Em Portugal já há 642 casos confirmados, mais 194 do que ontem

O ritmo de crescimento nos número de casos diagnosticados voltou a ser superior a 40% por dia, subindo de 448 casos para 642 em 24 horas. A maioria situa-se na faixa etária dos 40 aos 49 anos e 289 estão no Norte do país, seguidos por Lisboa e Vale do Tejo com 243 casos conhecidos.

Faleceu hoje a segunda vítima da Covid-19, Vieira Monteiro, presidente do Santander. Há 4 recuperados.

Há neste momento mais de 5000 casos suspeitos no país.

Mais de 210 mil casos em todo o mundo

A pandemia continua a crescer em todo o mundo, estado já mais de 210 mil casos de infeção confirmados. O coronavírus tirou a vida a mais de 8000 pessoas e mais de 83 mil infetados conseguiram recuperar.

Apesar de ter a propagação controlada, a China é ainda o país mais atingido, com mais de 80 mil infetados, seguido da Itália (35 mil), Irão (17 mil) e Espanha (quase 14 mil).

A Europa já é a região com maior número de mortos.

Portugal em Estado de Emergência até dia 2 de abril

Por iniciativa do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, é declarado o estado de emergência, por razões de calamidade pública no território nacional pelo período de 15 dias, o qual começa a vigorar às 00.00h de 19 de março de 2020 e terminará às 23.59h de 2 de abril de 2020.

Com a entrada em vigor do Estado de Emergência, fica parcialmente suspenso o exercício dos seguintes direitos:

  • Direito de deslocação e fixação em qualquer parte do território nacional;
  • Propriedade e iniciativa económica privada;
  • Direitos dos trabalhadores;
  • Circulação internacional;
  • Direito de reunião e de manifestação;
  • Liberdade de culto, na sua dimensão coletiva;
  • Direito de resistência.

Saiba mais aqui. 

 

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.