O número total de infeções, divulgado no boletim da DGS desta quarta-feira, é agora de 836. São mais 10 do que no dia anterior, um aumento de 1,2%.

O número total de testes positivos no concelho da Maia, comunicados pela Direção-Geral de Saúde, passou de 826 para 836 nas últimas 24 horas. Esta quarta-feira, a DGS indica 10 novos casos, um crescimento de 1,2%.

Ordem dos Advogados Maia

Os municípios com o maior número de casos são Lisboa (1447), Vila Nova de Gaia (1322), Porto (1187), Matosinhos (1068), Braga (1012), Gondomar (966), Maia (836) e Valongo (699).

A Câmara Municipal da Maia anunciou hoje que todos os utentes e profissionais das estruturas residenciais para idosos da rede social e lucrativa, bem como nas estruturas de acolhimento residencial de crianças, jovens e pessoas com deficiência na Maia foram testados. A operação, que arrancou a 24 de março, implicou a realização de 1665 testes (945 utentes e 720 funcionários) e resultou na deteção de 168 casos positivos para infeção com a Covid-19.

Além dos testes em lares e instituições de acolhimento, o Município da Maia informou ainda que já realizou mais de 3000 testes no Centro de Rastreio Móvel Covid-19 Maia.

Casos por 100 mil habitantes em municípios nos arredores da Maia

Município Casos Covid-19 Casos por 100 mil habitantes
Valongo 699 726,3
Matosinhos 1068 613,6
Maia 836 609,1
Gondomar 966 583,2
Porto 1187 552,3
Santo Tirso 323 472,4
Vila Nova de Gaia 1322 440,8
Trofa 135 352,6
Vila do Conde 241 303,1

Já morreram 973 pessoas

Em todo o país há 24505 casos de infeção (mais 183 do que ontem, +0,8%), de acordo com a DGS. Há mais 25 vítimas mortais em relação a terça-feira, elevando o número total de mortes por Covid-19 para 973. O número de recuperados aumentou para 1470, com mais 81 pessoas do que ontem. Estão atualmente 980 doentes internados em hospitais, 169 deles em unidades de cuidados intensivos.

Graça Freitas, diretora-geral de Saúde, informou que 93% das mortes por Covid-19 ocorreram em meio hospitalar, 4% em lares e 3% no próprio domicílio. Cerca de 87% das mortes (849) aconteceram em pessoas com mais de 70 anos de idade, ao mesmo tempo que ninguém com menos de 40 anos morreu na sequência da doença.

Até agora já foram testadas 243655 pessoas, das quais 215325 tiveram análise negativa e 3825 ainda aguardam o resultado dos testes. As autoridades de saúde têm de momento 29568 casos sob vigilância.

Covid-19. O que se passa com o número de infetados da Maia?

 

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.