DGS continua sem revelar números reais de vários municípios e autarcas desmentem dados do boletim.

O concelho da Maia regista hoje 119 casos de Covid-19, um aumento de 15 face aos números de ontem, o que representa um crescimento de 14,4%. O NOTÍCIAS MAIA sabe que, apesar dos números da Maia estarem corretos, o boletim da DGS está a divulgar números errados referente a grande parte dos municípios.

Cozinca

Aliás, a própria DGS veio ontem esclarecer o erro, confirmando que na caraterização demográfica apresentada tanto a 24 de março como hoje, estavam apenas contabilizados 54 por cento dos casos confirmados.

Autarcas de vários municípios têm desmentido números oficiais, considerando-os bastante abaixo da realidade reportada pelas autoridades de saúde locais, como é o caso de Salvador Malheiro, presidente da Câmara de Ovar. No boletim, o município de Ovar surge hoje com apenas 58 casos, enquanto o autarca já garantiu que ontem eram 101.

Município População (2011) Casos Covid-19 Casos por 100 mil habitantes
Maia 135.678 119 87,7
Valongo 93.858 71 75,6
Porto 237.591 137 57,7
Gondomar 173.159 62 35,8
Matosinhos 175.478 56 31,9
Santo Tirso 71.530 8 11,2
Vila do Conde 79.533 8 10,1
Trofa 49.897 0 0,0
Centro de rastreio móvel na Maia

Segundo fonte da autarquia, o centro de rastreio móvel irá hoje funcionar em exclusivo para profissionais de saúde e, a partir de quinta-feira, receberá todos aqueles que tenham sido encaminhados pela linha Saúde 24.

O Centro de Rastreio Móvel Covid-19 Maia destina-se apenas aos cidadãos sinalizados e devidamente encaminhados pelas autoridades de saúde e o acesso às instalações é controlado pela Polícia Municipal da Maia. O teste é gratuito.

ARS garantiu não ser necessário decretar estado de calamidade na Maia

Em comunicado, a Câmara da Maia garantiu que “o presidente da ARS do Norte assegurou ontem ao presidente da Câmara da Maia que as medidas que estão em vigor no concelho e no País são as mais adequadas, não se justificando neste momento qualquer alteração“. Em comunicado, a autarquia informou que “António Silva Tiago evocou a possibilidade de ser decretado o estado de calamidade no concelho e a instituição de um cordão sanitário, mas o principal responsável da administração de saúde do Norte revelou que a situação da Maia não é diferente da maioria dos concelhos do Norte e do País.

Portugal: 2995 casos confirmados de Covid-19 e 43 mortos

O boletim diário da DGS mostra que há 2995 casos confirmados de Covid-19 em todo o país, a que se juntam 43 vítimas mortais. Há ainda 22 pessoas que recuperaram. O Norte do país é a região mais afetada, com 1517 infetados, sendo a distribuição dos casos de doença pelo país a seguinte:

  • Norte: 1.517 casos;
  • Centro: 365 casos;
  • Lisboa e Vale do Tejo: 992 casos;
  • Alentejo: 12 casos;
  • Algarve: 62 casos;
  • Açores: 17 casos;
  • Madeira: 16 casos.

Tosse é o principal sintoma

De acordo com dados da DGS, 62% dos casos apresentam tosse, 51% febre, 36% dores musculares, 28% dores de cabeça, 23% fraqueza generalizada e apenas 19% demonstram dificuldade respiratória.

Caracterização demográfica dos casos confirmados

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.