Terminaram hoje os testes em todas as estruturas residenciais para idosos da rede social e lucrativa, bem como nas estruturas de acolhimento residencial de crianças, jovens e pessoas com deficiência na Maia. Ao todo estão testadas 1659 pessoas de 36 instituições.

Foram realizados testes a todos os lares da rede solidária e rede lucrativa, bem como a todas as Estruturas de Acolhimento Residencial de crianças, jovens e pessoas com deficiência, perfazendo um total de 36 Instituições e de 1665 testes (945 utentes e 720 funcionários), informou a autarquia.

Ordem dos Advogados Maia

Em comunicado, o presidente da Câmara Municipal, António Silva Tiago, afirmou que “acabamos agora de testar utentes e profissionais de todas as instituições maiatas, assim como já fizemos as operações de realojamento temporário de idosos para desinfeção dos lares. Cumprimos o nosso dever para com os maiatos mais idosos”.

A operação coordenada pela Câmara Municipal da Maia começou a 24 de março.

Os testes foram realizados a todos os utentes e profissionais das instituições. Na primeira visita às instituições os técnicos do laboratório foram sempre acompanhados por uma equipa constituída por dois médicos e um enfermeiro da delegação de saúde da Maia, e por um técnico do gabinete de Saúde da Câmara Municipal, cuja missão é a de formar e informar os procedimentos e medidas a adotar perante eventuais casos de infeção por sars-cov-2, designadamente a utilização correta de equipamentos de proteção individual; higienização correta e regular de espaços; implementação de medidas de separação de utentes e organização do trabalho adequada a prevenir a propagação da infeção.

Os testes serão repetidos sempre que os resultados derem positivos para o sars-cov-2, passado o período determinado pela Autoridade de Saúde Local.

Até 26 de Abril, do total de 1665 testes realizados, deram positivo 168.

Além dos testes em lares e instituições de acolhimento, o Município da Maia realizou já mais de 3.000 testes no Centro de Rastreio Móvel Covid-19 Maia, segundo informação da autarquia.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.