Criatividade e disposição são dois dos ingredientes para nos mantermos ativos neste período de quarentena.

O Dia Mundial da Atividade Física celebra-se a 6 de abril. Este ano, com a maioria dos portugueses em casa, a data assume uma importância ainda maior e serve para relembrar que estar em casa não significa não estarmos sedentários.

Neste dia, a Direção Geral de Saúde lançou um diretório de atividades para o atual contexto de isolamento social que é, para a responsável do programa, “uma altura de risco para o sedentarismo”.

O NOTÍCIAS MAIA falou com alguns profissionais da área do desporto para compreender diferentes formas de manter a atividade física mesmo em casa. Entre as várias sugestões, todos concordam que os fatores mais importantes para levar a cabo esta tarefa são a motivação, a criatividade e a adaptação do exercício ao nível de cada um.

A importância da atividade física

Daniel Batista, professor de educação física, explica que a “atividade física diária tem inúmeras vantagens no bem-estar emocional e físico” e que, nesta altura em que não podemos sair de casa, “devemos criar rotinas para nos mantermos ativos“. Daniel afirma que se deve “evitar o sofá” e que, para começar, também as tarefas quotidianas nos ajudam a manter a atividade. “Controlar a alimentação” e seguir treinos online são alguns dos  conselhos deixados pelo professor.

Também Raquel Teixeira, instrutora de Pilates, garante que a atividade física é essencial para nos mantermos ativos e acrescenta que “o nosso corpo é uma máquina” que não foi feita para estar parada.

A instrutora alerta para os perigos de se estar parado para quem está em teletrabalho. É importante perceber que as cadeiras de casa não são normalmente adequadas e poderão desenvolver-se contraturas e tensão muscular.

Exercitar o corpo, mobilizar articulações e alongar a coluna” devem fazer parte da rotina dos portugueses. Raquel afirma que “hoje em dia existem inúmeros profissionais a colocarem vídeos de exercícios na internet” mas que as pessoas devem procurar sempre “conteúdo válido” e que se “adapta à sua condição”.

Atividade física para os mais novos

O período da quarentena é igualmente desafiante para adultos e crianças. Criar rotinas de exercícios, físico e não só, com as crianças é uma tarefa que pode ser muito complexa.

Arsénio Barros é professor de educação física na Escola Básica e Secundária de Pedrouços e explica-nos que o mais importante nas atividades com os mais novos é a disposição a criatividade. Apesar de considerar que “receitas teóricas” são sempre difíceis de se partilhar, o professor considera que “tem de haver disposição das pessoas se adaptarem ao espaço e de procurarem ser criativos“. Atividades de ir buscar objetos, lançamentos e até cambalhotas são algumas sugestões. “Vale tudo na criatividade desde que hajam movimentos continuados por períodos de 10 minutos, meia hora por dia”.

“Se for atividade física for muito formal, não vai haver motivação nem para grandes nem para pequenos”, explica. Arsénio Barros acredita que é importante “todos se sentirem divertidos e bem” mas que o exercício deve ser adaptado ao nível de cada um, isto é, para quem não estava habituado ao exercício físico “é essencial que se comece devagar” para evitar “lesões” e a própria desmotivação.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.