Notícias Maia

Educadora de infância condenada por agredir três bebés na Maia

Partilhas

Arguida foi condenada a um ano de pena suspensa por crimes de ofensas à integridade física

As agressões a três bebés, entre os 2 e os 3 anos, ocorreram em 2015, num infantário na Maia. Arguida foi condenada a um ano de pena suspensa.

Uma educadora de infância, que trabalhava num infantário da Maia, foi condenada pelo Tribunal de Matosinhos, a um ano de pena suspensa por agredir três bebés, entre os 2 e os 3 anos. Os factos ocorreram em 2015, tendo sido a arguida recentemente condenada no Tribunal de Matosinhos. Foi condenada por três crimes de ofensas à integridade física e ilibada de oito crimes de maus-tratos.

O coletivo de juízes considerou que os comportamentos da mulher podem “ocorrer com maior ou menor vulgaridade na melhor das famílias”. A juiza-presidente levantou ainda uma questão: “Qual é o bom pai de família que, ainda que por uma vez, não deu uma bofetada na cara de um filho que transgrediu uma regra?”, justificando assim a não integração destes comportamentos no crime de maus tratos.

De acordo com o acórdão do Tribunal de Matosinhos, a mullher, de 32 anos, colocou uma das crianças no interior de uma caixa e atirou a mesma pelo chão, tendo feito com que a criança tivesse batido com a cabeça no chão. De seguida, atirou por duas vezes com outra criança para cima da primeira, enquanto esta estava no chão.

Outra criança terá sido agredida à bofetada por ter escondido uma peça na bata, durante um jogo, segundo o Correio da Manhã.

COMENTE

Publicidade

Publicidade

media & meios

Newsletter

Mais Populares

Top