Notícias Maia

EN13: Ascendi isenta utilizadores da A41 do pagamento dos pórticos

© DR
Partilhas

A Ascendi está a isentar os utilizadores que estão obrigados a passar nos pórticos da A41, devido ao aluimento do piso na antiga EN13. A isenção é aplicada automaticamente pelo sistema, às passagens a partir das 12h de ontem, aos veículos que apenas entrarem e saírem da A41 para contornar o corte de via da Avenida Dom Mendo, no sentido Sul Norte.

Os utilizadores dos pórticos localizados no sublanço EN13 – Zona Industrial da Maia, um no sentido Poente – Nascente (Pórtico EN14 O/E) e o outro no sentido Nascente-Poente (Pórtico EN13 E/O), estão isentados de pagar as devidas taxas, desde as 12 horas de ontem, dia 20 de janeiro.

Esta medida decorre na necessidade que estes utilizadores têm para contornar o corte de via na Avenida Dom Mendo, ex-Estrada Nacional 13, no sentido Sul-Norte, devido ao aluimento de uma parte do piso.

Contactada pelo Notícias Maia, a Ascendi confirmou que “de acordo com a determinação da Infraestruturas de Portugal  quem apenas entrar e sair da A41, para contornar o corte de via da exN13 no sentido Sul Norte, não será taxado com portagens. Este modelo está implementado desde as 12 horas de ontem, dia 20 de janeiro”.

A empresa confirmou ainda que “os pórticos mantêm-se em funcionamento normal”, sendo que “a isenção é aplicada automaticamente pelo sistema“. É assim normal continuar a ouvir o “beep” de passagem no pórtico.

Silva Tiago tinha garantido que que existiria isenção

O presidente da Câmara Municipal da Maia, António Silva Tiago, comprometeu-se ontem, a articular com o IMT e com  a concessionária, as medidas necessárias para garantir que todos aqueles que são utilizadores habituais da N13 e que agora se encontram sem alternativa, possam fazer o desvio utilizando a A41 sem terem que pagar os custos desse desvio.

“É da mais elementar justiça que os automobilistas obrigados a desviar o seu percurso não sejam taxados, nem que tal venha a ser assumido pela Câmara. Trabalhei para que isso acontecesse e fico contente pela pronta resposta positiva por parte do secretário de Estado Jorge Delgado”, referiu Silva Tiago na altura.

Aluimento na antiga EN13 obriga a corte no trânsito durante 15 dias

COMENTE

Publicidade

Publicidade

media & meios

Newsletter

Top