Revela um estudo da OCDE no âmbito do Programa Internacional de Avaliação de Alunos (PISA).

Os estudantes portugueses são dos que revelam “atitudes mais positivas em relação aos imigrantes”, revela um estudo da OCDE no âmbito do Programa Internacional de Avaliação de Alunos (PISA).

Nonna Vespa

Portugal integra o grupo dos países em que os estudantes têm menos atitudes racistas, juntamente com Austrália, Canadá, Irlanda, Coreia do Sul, Nova Zelândia, Escócia, Espanha e Taiwan.

No polo oposto estão Bulgária, Hungria, Letónia, Polónia, Arábia Saudita e Eslováquia, onde as atitudes para com os imigrantes “tendem a ser negativas e abaixo da média da OCDE”.

Os estudantes portugueses são também dos que mais se preocupam com assuntos globais, surgindo no quinto lugar apenas superados por alunos da Albânia, Grécia, Lituânia e Malta. Segundo o PISA 2018, que inquiriu milhares de alunos de 15 anos de 63 países, os estudantes portugueses mostram especial atenção a temas como mudanças climáticas, igualdade de género e saúde global.

O estudo revela também que, no geral, os  jovens não conseguem distinguir entre factos e opiniões quando estão a ler na internet.Menos de um em cada dez estudantes consegue distinguir entre facto e opinião, com base em pistas implícitas relativas ao conteúdo ou fonte das informações”, refere o estudo, frisando o papel da educação para orientar os jovens.

Seis casos positivos de alunos do Agrupamento de Escolas da Maia

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.