fbpx

Notícias Maia

Fábrica de têxteis maiata encerra e deixa funcionárias sem justificação

© DR
Partilhas

A carta de despedimento chegou a 26 de Agosto e deixou 60 funcionárias desempregadas e surpreendidas com o encerramento da fábrica sediada na Maia.

A fábrica Remate & Silhueta encerrou o seu funcionamento deixando 60 funcionárias no desemprego. Na passada segunda-feira, dia 2 de Setembro, as funcionárias compareceram ao trabalho e encontraram a fábrica fechada e sem ninguém para lhes prestar esclarecimentos.

A fábrica, que produzia camisolas e t-shirts para marcas internacionais, justificou o encerramento alegando que, a partir de 1 de Setembro, o único cliente da empresa de têxteis vai deixar de fazer encomendas.

Esta justificação é, para as funcionárias, incompreensível, visto que, à data do encerramento haveria ainda muito trabalho a fazer na fábrica.

Perante esta situação de despedimento sem aviso prévio, as funcionárias reclamam o salário do mês de Agosto e a entrada nas instalações para retirar alguns objectos. Até à data, segundo as funcionárias, a empresa continua sem prestar qualquer tipo de declarações.

COMENTE

Publicidade

Publicidade

media & meios

Newsletter

Mais Populares

Top