Notícias Maia

Foi a segunda vez que Patê Djob abandonou o relvado por racismo

© DR
Partilhas

O jovem do Leça do Balio que abandonou o relvado frente ao Pedras Rubras, já tinha recusado continuar a jogar, há três semanas, no campo do Macieira da Maia, depois de sido alvo de racismo por parte de adeptos.

Patê Carvalho Djob, Sub-19 do Leça do Balio, abandonou o relvado no jogo frente ao Pedras Rubras, por alegados insultos racistas. O jogador queixa-se de ter sido chamado “macaco”, mas não foi a primeira vez.

No espaço de três semanas, foi a segunda vez que o jogador foi vítima de racismo. No jogo frente ao Macieira da Maia, o atleta também saiu do jogo devido a racismo e há um vídeo que comprova isso mesmo, avança o Mais Futebol.

Durante o jogo deste sábado o jovem do Leça do Balio ficou mesmo a chorar no balneário após o episódio em que, segundo o próprio, foi chamado de “macaco”.

O presidente do Leça do Balio, Arnaldo Tasca, afirmou ao Mais Futebol que “hoje, de acordo com o testemunho do próprio jogador, que estava a chorar quando cheguei ao balneário, e dos responsáveis da equipa, aconteceram de facto insultos racistas, por parte de um jogador do Pedras Rubras, que o fizeram querer sair do campo. Diz que foi chamado de preto e macaco. Já não é a primeira vez para ele, infelizmente. Vamos averiguar o que aconteceu”.

O dirigente admite ainda que estes casos são relativamente comuns, sublinhando que é necessário agir contra o fenómeno.

“Estamos a falar de miúdos de 18 ou 19 anos. São coisas que acontecem mas que não podem acontecer. Por vezes mais ninguém se aperceber, porque são insultos proferidos em voz baixa, ou são coisas quase invisíveis, mas que marcam e devem deixar de acontecer”, afirmou, citado pelo mesmo jornal.

Jogador abandona relvado em Pedras Rubras com queixas de racismo

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.

Publicidade

Publicidade

media & meios

Newsletter

Top