Notícias Maia

Funcionários furtaram malas do Schalke 04 no aeroporto Sá Carneiro

Partilhas

Empregados da Portway terão sido apanhados com ouro, camisolas da equipa alemã e do FC Porto, após investigação da GNR.

Três funcionários da empresa que opera no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, na Maia, são suspeitos de terem furtado bagagens dos jogadores do Schalke 04 já no interior do porão do avião que os levou de regresso à Alemanha. O Correio da Manhã afirma que o furto ocorreu na passada sexta-feira, após o jogo a contar para a Liga dos Campeões, que decorreu no Estádio do Dragão.

A GNR terá recuperado três camisolas do FC Porto, oferecidas na troca entre atletas no final daquele jogo, duas dos alemães e ainda ouro.

Fonte da GNR confirmou que em causa estão empregados da Portway, que presta serviços de apoio a aeronaves e passageiros. Há ainda outras queixas de furtos que estão a ser investigadas pela GNR. “A empresa tem colaborado connosco desde o início. Estamos a falar de funcionários que subtraem objetos para seu benefício próprio”, relatou tal fonte.

Depois das denúncias, os militares abriram uma investigação que resultou no cumprimento de desaseis mandados de buscas, dos quais oito em residências, nos concelhos da Maia, Porto, Paredes e Vila Nova de Gaia. Os restantes foram realizados nos cacifos dos suspeitos, com idades entre os 30 e os 40 anos, tendo estes ficado sujeitos a termo de identidade e residência.

COMENTE

Publicidade

Publicidade

media & meios

Newsletter

Top