Partilhas

A cerimónia de entrega dos selos “Escola Amiga das Crianças”, galardão com que foram contempladas 23 escolas que integram a comunidade educativa concelhia da Maia, realizou-se no passado dia 16 de Outubro, às 18H00, no salão nobre, D. Manuel I, nos paços do concelho da Maia.

A CONFAP em parceria com a LEYA criaram uma iniciativa que visou distinguir Escolas Amigas da Criança. Escolas com ideias extraordinárias que conceberam e concretizaram para melhorarem as suas condições de funcionamento e construírem uma escola melhor, mais amiga da criança, contribuindo para um desenvolvimento mais feliz da criança no espaço escolar.

Nonna Vespa

Esta iniciativa teve cerca de 1000 candidaturas, tendo sido distinguidos mais de 495 projetos.

Na comunidade educativa do concelho da Maia são estas as escolas galardoadas:

CE de Folgosa
CE Gueifães
Colégio Novo da Maia
Creche Pré-escolar de Milheiros
EB 1 de Moutidos
EB 1 Monte das Cruzes
EB 1/JI D. Manuel II
EB 1/JI da Guarda
EB 1/JI de Currais
EB 1/JI de Pedrouços
EB 1/JI N. 1 de Gueifães
EB 1/JI1 da Maia
EB da Bajouca
EB de Ferronho
EB de Mandim
EB de Pedrouços n° 2
EB de Porto Bom
EB Gestalinho
EB/JI de Moutidos
EBS Dr. Vieira de Carvalho
EBS Levante da Maia
ES da Maia
ES do Castêlo da Maia”

Conceito inspirador de uma “Escola Amiga das Crianças”

“Nem sempre a Escola, ao contrário do que seria o seu desejo, acaba por ser, como devia, Amiga das Crianças. É claro que esta se tem transformado e aberto aos novos desafios que um mundo em mudança lhe vai colocando. E tem trazido para dentro de si novas tecnologias, novos conteúdos e novos métodos de ensino, por exemplo. Mas, enquanto se vai preocupando com os critérios de avaliação e seriação das escolas, baseados nos resultados escolares, tendo como base de ponderação um critério numérico como as notas, nem sempre a escola, no seu todo, tem abraçado outro tipo de critérios que façam desta um lugar mais amigo dos seus alunos.

É deste desconhecimento, que se propôs conhecer as Escolas Amigas das Crianças.

Aquelas que têm recreios cobertos com piso adaptado para as crianças. Aquelas que têm salas que convidam a uma aprendizagem mais feliz. As que promovem hábitos saudáveis. As que têm atividades educativas que ligam os alunos de forma mais dinâmica…”, refere a nota enviada a esta redação, pela Câmara Municipal da Maia.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.