Portugal está em alerta devido às temperaturas elevadas a registar até ao fim desta semana.

As temperaturas elevadas que se vão sentir até ao fim da semana levaram o Governo a declarar situação de risco elevado de incêndio. O despacho, assinado pelo Ministério da Administração Interna e o Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural coloca em alerta vermelho 13 distritos de Portugal Continental. São eles: Aveiro, Braga, Bragança, Castelo Branco, Santarém, Coimbra, Guarda, Portalegre, Porto, Vila Real, Viana do Castelo, Viseu e Leiria.

Cozinca

É provável que tenha recebido um sms da Proteção Civil a avisar para o risco extremo de incêndio. Devido ao aumento das temperaturas e, consequentemente, ao maior risco de incêndio florestal, Portugal estará sob alerta entre a meia-noite de quarta-feira e as 23.59h de domingo.

Além dos 13 distritos em alerta vermelho, Beja, Faro, Lisboa, Évora e Setúbal estão sob alerta laranja.

No mesmo comunicado, e no sentido deste plano de situação de alerta, serão tomadas “medidas de carácter excepcional”, entre as quais, a maior prontidão na resposta por parte da GNR e da PSP. Esta fortificação, segundo o despacho, vai contar com um “reforço de meios para operações de vigilância, fiscalização, patrulhamentos dissuasores de comportamentos e de apoio geral às operações de protecção e socorro que possam vir a ser desencadeadas”

O dispositivo previsto será composto por 11.492 operacionais no terreno, apoiados por 60 meios aéreos.

 

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.