Notícias Maia

Jazz no Parque Central da Maia

© DR
Partilhas

O Jazz no Parque Central é um evento musical, inteiramente dedicado aos jovens valores do jazz nacional, e será realizado num cenário bucólico, ao longo dos dias 14, 15 e 16 de junho , juntando natureza, modernidade e música, o público poderá desfrutar de bons momentos.

O Parque Central da Maia, é o palco escolhido para o evento que se realiza pela sexta vez, com o objetivo de oferecer um evento turístico e cultural distinto a todos os amantes de música jazz mas sempre com uma forte componente “cool”.

Programação Jazz no Parque:

14 de junho, 18h30
Pedro Neves “Murmuration”

“Murmuration” – Nuvens de desenhos criados por um grande número de pássaros que voam e mudam de direção juntos.

Pedro Neves, Miguel Ângelo e Leandro Leonet, neste terceiro disco de originais, procuram nuvens e desenhos, luzes e sombras, dinâmicas e sensações, passeios e viagens. “Murmuration” é a inspiração que leva o trio a expandir as suas canções e melodias através da improvisação.

Pedro Neves: Piano
Miguel Ângelo: Contrabaixo
Leonardo Leonet: Bateria

14 de junho, 21h30
“Cotovelo”

“Quando a música encerra em si mesma tal relevo dramático temos o melhor dos motivos para o aplauso, e nisso este “Cotovelo” é algo de bem especial.” Rui Eduardo Paes, Jazz.pt, jazz.pt/ponto-escuta/2018/12/21/cotovelo-guimaraes-jazz-porta-jazz-cotovelo-porta-jazz/

Cotovelo é o relato de dois casos de ciúmes e de discórdia: entre três homens, escravos trazidos do Brasil para Portugal, no séc. XIX; e entre um homem e uma mulher, criados no palácio real. O tema é do passado, mas a forma é do presente. Ou ao contrário. O relato é feito por uma atriz e quatro músicos, através de palavras e notas. Nuno Trocado convidou Jorge Louraço para escrever e Catarina Lacerda para atuar, e liderou um quarteto com Tom Ward, Sérgio Tavares e Acácio Salero. O espectáculo, de cruzamento entre texto e música, foi o resultado de uma colaboração entre os seis durante uma residência artística no âmbito da edição de 2017 do Festival Guimarães Jazz, produzida em parceria com a associação Porta-Jazz.

Catarina Lacerda: voz
Nuno Trocado: guitarra e eletrónica
João Pedro Brandão: flauta, saxofone alto, clarinete baixo
Sérgio Tavares: contrabaixo
Acácio Salero: bateria
Jorge Louraço Figueira: texto

15 de junho, 11h30
The Bouncing Brothers + Baile Lindy Hop

Um espetáculo de música e dança ao vivo, que reaviva o espirito popular do Jazz dos anos 20 a 40.

Voz e trombone: Luís Castro
Saxofone e flauta: Lígia Borges
Piano: Alexandre Dahmen
Bateria: Nuno Oliveira
Contrabaixo: Gonçalo Sarmento

15 de junho, 18h30
Miguel Ângelo “A Vida de X”

Depois de ter lançado “BRANCO (carimbo porta-jazz)” em 2013, o seu álbum de estreia como líder e compositor, o contrabaixista Miguel Ângelo promove o seu segundo trabalho “A VIDA DE X (carimbo jazz)” em 2016, mantendo a formação em quarteto com os seus habituais companheiros: João Guimarães, Joaquim Rodrigues e Marcos Cavaleiro.

O segundo álbum “A VIDA DE X” é constituído por dez composições inspiradas em personagens fictícias ou em histórias imaginárias ou reais a que o quarteto deu vida e espera que cada ouvinte crie a sua própria visão e, desta forma, ganhe uma nova vida.

“A VIDA DE X” não é uma simples vida, é um emaranhado delas!…

Miguel Ângelo: Contrabaixo e composição
João Guimarães: Saxofone
Joaquim Rodrigues: Piano / Rhodes
Marcos Cavaleiro: Bateria

15 de junho, 21h30
João Mortágua “Dentro da Janela”

As melodias crescem e a janela expande-se. O aulo duplica e a panela efervesce.
Cinco anos volvidos desde a prima brisa, os novos hinos respiram mudança evolutiva.
Diálogos ao lume e ritmos à vela, não há vento que mais bruma nem janela como ela!
E eis que sob a hipnose do ar, vislumbramos a ave da migração estelar.
Depois da dupla estreia no Teatro S. Luiz (2017) e na Casa da Música (2018), o novo quinteto de João Mortágua, sucedâneo do quarteto de “Janela” (2014), apresenta aqui o seu último álbum.

João Mortágua: Saxofone Alto e Soprano
José Pedro Coelho: Saxofone Tenor
Miguel Moreira: Guitarra
José Carlos Barbosa: Contrabaixo
José Marrucho: Bateria

16 de junho, 17h00

Demian Cabaud “Aparición”
O Argentino Demian Cabaud apresenta o seu último trabalho discográfico lançado em Maio de 2019
Um dos músicos mais importantes da cena jazzística portuguesa, reúne um grupo de luxo para interpretar a música do seu 6º album de originais.

Ricardo Formoso: Trompete
José Pedro Coelho: Saxofone Tenor
João Grilo: Piano
Demian Cabaud: Contrabaixo
Marcos Cavaleiro: Bateria

COMENTE

Publicidade

Publicidade

media & meios

Newsletter

Mais Populares

Top