Empresa portuguesa na área dos transportes e logística, investiu 750.000 euros em novas instalações, mudando-se de Vila do Conde para a Maia. O objetivo é “responder eficazmente” ao crescimento que tem vindo a registar enquanto vai apostar em novos serviços.

Em comunicado a empresa, criada em 2012, afirma que registou ao longo destes anos “um crescimento sustentado”, que lhe permite almejar uma faturação de 54,95 milhões de euros já este ano, números que seuperam em 34% o ano passado. É neste sentido, considerando as necessidades de resposta aos clientes, que a KLOG, que já ultrapassou a centena de trabalhadores, inaugurou as instalações na Maia, que terão o serviço de todas as divisões, terrestre, marítima, aérea, divisão Projects & Strategic Cargo e logística contratual, num investimento de 750 mil euros, que correspondem a uma área de 6500 metros quadrados de armazém e de 2000 metros quadrados para escritório.

A empresa procurou situar-se próximo do Aeroporto Francisco Sá Carneiro.

 

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.