Partilhas

Lipor promove serviços dos ecossistemas com um valor gerado de pelo menos 12 vezes superior ao investimento realizado.

Mudar paradigmas e criar tendências de gestão assentes numa cultura colaborativa e cooperante, face à sustentabilidade da biodiversidade e respetivos Serviços dos ecossistemas, tem sido um desafio diário assumido pela LIPOR.

Nonna Vespa

Após 20 anos a promover e implementar iniciativas, ações e projetos estratégicos em prol da valorização da natureza, tornou-se relevante para a LIPOR avaliar em que medida é que os investimentos sócio-ecológicos assumidos, se têm vindo a traduzir em benefícios económicos para as comunidades.

Inspirados na metodologia TEEB – The Economics of Ecosystems and Biodiversity, identificaram-se, quantificaram-se e valorizaram-se economicamente as contribuições dos ecossistemas geridos pela LIPOR para diferentes dimensões do bem-estar humano, através das seguintes etapas:

  1. Desenho de estratégias sociais colaborativas e deliberativas;
  2. Compilação e revisão de toda e qualquer informação que permitisse a identificação de valores de investimento associados à gestão;
  3. Quantificação de indicadores de valor de serviços dos ecossistemas e respetivos benefícios sócio-ecológicos;
  4. Valoração económica dos benefícios gerados por esses serviços dos ecossistemas para as comunidades locais.

De forma sumária, podemos dizer que o valor total dos contributos da biodiversidade e serviços dos ecossistemas promovidos pela LIPOR, foi estimado como sendo, de pelo menos, 12 vezes superior ao investimento realizado. Em termos absolutos estimados, refira-se um investimento assumido pela LIPOR de 7 milhões de euros e uma estimativa de valor total dos contributos gerados pelos Serviços dos ecossistemas de, pelo menos, 90 milhões de euros.

Contando com o apoio técnico e científico da NBI – Natural Business Intelligence, o resultado foi obtido pelo cruzamento entre os investimentos assumidos pela LIPOR no Parque Aventura e projetos associados, desde 2000 até 2019 e a quantificação e valoração económica relativas aos benefícios ecológicos (ao nível da captura de carbono, solo, incêndios, habitats e biodiversidade), benefícios sócio-ecológicos (hortas urbanas) e benefícios sociais (recreio e estética, e sistemas de conhecimento).

Maia assinala descida nas emissões de Gases com Efeito de Estufa

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.