Notícias Maia

Maia coloca equipamentos de desfibrilhação em espaços municipais

©DR
Partilhas

A Câmara da Maia, em colaboração com a Cruz Vermelha Portuguesa, disponibiliza agora equipamentos de desfibrilhação automática externa em vários espaços municipais do concelho.

A Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) – Delegação da Maia implementou o Plano Nacional de Desfibrilhação Automática Externa e criou um protocolo de colaboração com a Câmara Municipal da Maia que garante um certo número de equipamentos de desfibrilhação automática externa (DAE) nos espaços municipais do concelho.

Além dos equipamentos, também 44 funcionários da Câmara Municipal da Maia estão formados e aptos para este tipo de socorro.

Os equipamentos de desfibrilhação automática externa encontram-se no Complexo Municipal Piscinas de Águas Santas, Complexo Municipal Piscinas de Gueifães, Complexo Municipal Piscinas de Folgosa, Complexo Desportivo Municipal Quinta da Gruta, Pavilhão Municipal Águas Santas Corim, Pavilhão Municipal Águas Santas Formigueiro, Pavilhão Municipal da Maia e Complexo Municipal de Ténis da Maia.

Suporte Básico de Vida pode salvar

Numa publicação partilhada pela Delegação da Maia, a equipa da CVP maiata afirma que a Câmara Municipal “está sensibilizada e legitimamente preocupada com a comunidade maiata no sentido de melhorar a resposta a dar a eventuais casos de paragem cardiorrespiratória com a utilização de equipamentos DAE”.

A escola de socorrismo da Cruz Vermelha Portuguesa é a entidade certificada pelo INEM para a formação de Suporte Básico de Vida com Desfibrilhação Automática Externa (SBVDAE). Com a implementação do Programa de Desfibrilhação Automática Externa, a Cruz Vermelha passa agora a integrar, na sua oferta formativa, os cursos de suporte básico de vida com desfibrilhação automática externa.

“O suporte básico de vida e a desfibrilhação precoce salvam vidas”. 

COMENTE

Publicidade

Publicidade

media & meios

Newsletter

Top