fbpx

Notícias Maia

Maia oficializou o primeiro Centro para a Saúde Humana e Animal

© DR
Partilhas

A apresentação do projeto à comunidade aconteceu esta terça-feira, dia 22 de outubro, no salão Nobre da Câmara Municipal da Maia.

“Promover a saúde global” e “Elevar a vida”. São estes os conceitos na base do futuro Centro de Investigação para a Saúde Humana e Animal (CISHA). Um espaço que será “o primeiro com esta vocação” e que tem como objetivo tratar a investigação ciêntifica como um todo naquele que é o mundo atual. Investigação na saúde humana, na saúde animal e cirurgia experimental, serão estas as principais valências do inovador CISHA.

Na cerimónia de apresentação, Henrique Cyrne Carvalho, diretor do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar da Universidade do Porto (ICBAS), afirmou que este é um “projeto inovador” que vai de encontro ao projeto mundial “One world, One life”. O diretor do ICBAS explicou ainda que o sucesso deste projeto está “nos recursos humanos e nas infraestruturas“. No primeiro fator, Henrique Cyrne Carvalho revelou que se estão a formar “peritos altamente diferenciados” e que, no que toca a infraestruturas, o CISHA vai estar instalado num espaço construido de 5 mil m2. Ainda na sua intervenção, resumiu este “processo ambicioso” como um projeto que, no fundo, “se ocupa da saúde do planeta”. Henrique Cyrne Carvalho terminou o discurso agradecendo ao município da Maia pela confiança garantindo que “tomou uma boa decisão”.

Pedro Rodrigues, vice-reitor da Universidade do Porto, esteve presente em representação do reitor da Universidade e, no seu discurso, sublinhou a importância deste projeto acreditando que terá “impacto real na sociedade”.

Para encerrar as intervenções, falou o presidente da CMM, António Silva Tiago. O autarca sublinhou a “aposta constante do município na investigação e ciência” e disse acreditar que “o investimento vai produzir efeitos para o país“. António Silva Tiago explicou que o município investiu 3 milhões de euros nos 5 hectares de terreno que disponibilizou para o CISHA. Antes de terminar o discurso, o presidente da CMM falou do papel do município da Maia para a economia do país referindo que “a Maia está entre os 5 municípios mais exportadores”. 

Ainda na cerimónia, foi possível assistir ao video promocional do CISHA, onde é possível ficar a conhecer as bases do projeto.

Apesar de a apresentação ter sido feita nesta terça-feira, a assinatura do protocolo entre a Câmara Municipal da Maia e o ICBAS aconteceu em dezembro de 2017. A ficar pronto no tempo estimado, o edifício do CISHA estará operacional ainda até ao fim de 2020. 

COMENTE

Publicidade

Publicidade

media & meios

Newsletter

Mais Populares

Top