O Dia das Cidades pela Vida celebrou-se a dia 30 de novembro, mas este ano não acendeu, como habitualmente, a Torre Lidador. A Maia é uma “Cidade pela Vida” desde 2017.

O objetivo deste dia é unir o mundo em volta da questão da abolição da pena de morte que ainda existe na legislação de alguns países. Em 2017, o Município da Maia aderiu à rede de municípios “Cidades pela Vida –cidades contra a pena de Morte” num protocolo com a Comunidade de Sant’Egídio, celebrado a 30 de novembro de 2017,

Para assinalar este dia, em comunicado publicado na rede social Facebook da Câmara Municipal da Maia, pode ler-se que “este é um dia para despertar consciências contra a pena de Morte e dizer aos líderes das nações que ainda aplicam a pena capital, que é tempo de integrarem os seus povos no concerto das nações que respeitam os Direitos Humanos”.

Recorde-se que, no ano passado, a Torre do Lidador iluminou-se para assinalar este mesmo dia. Segundo Marta Peneda, vereadora do Ambiente, este ano não houve iluminação na Torre do Lidador por “questões técnicas” ligadas à inauguração das luzes de Natal na Praça do Município.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.