Notícias Maia

Metro poderá sofrer corte total de linhas na próxima semana

Partilhas

A Metro do Porto informou que poderá interromper durante a próxima semana, a circulação nas linhas do Aeroporto, Gondomar e Matosinhos, devido ao “impacto” da greve dos trabalhadores da Empresa de Manutenção de Equipamento Ferroviário (EMEF).

A greve poderá provocar uma redução drástica do número de veículos disponíveis, que poderá agravar-se até ao final do mês.

A Metro do Porto informou que, “caso a mesma [greve] não venha entretanto a ser desconvocada, poderá haver necessidade de suprimir viagens e que, numa situação limite, devido à indisponibilidade de veículos para assegurar o serviço em totais condições de segurança, coloca-se o cenário de algumas linhas poderem vir a ser temporariamente encerradas”.

A empresa refere ainda que “embora não seja parte neste diferendo entre trabalhadores e a sua entidade patronal, a Metro do Porto fará tudo o que estiver ao seu alcance, para assegurar a melhor capacidade e qualidade de serviço possíveis”.

A linha do Aeroporto poderá já ser suprimida na próxima segunda-feira, enquanto as linhas de Gondomar e Matosinhos poderão sofrer o mesmo procedimento ao longo da semana. As greves nos últimos dias têm afetado o normal funcionamento do Metro do Porto, chegando em algumas estações, como em Fânzeres a dobrar o tempo de espera habitual.

Os trabalhadores da EMEF lutam por uma atualização salarial de pelo menos 25 euros e do subsídio de turno para valores idênticos aos da Comboios de Portugal.

COMENTE

Publicidade

Newsletter

Top
Newsletter
SUBSCREVER

Subscreva hoje a Newsletter do Notícias Maia.

Esteja sempre atualizado. Receba por correio eletrónico as últimas notícias.
close-link