Notícias Maia

Novos parcómetros foram tapados com cola quente

Partilhas

Em forma de protesto contra o alargamento das zonas de estacionamento pago, no centro da cidade, desconhecidos taparam as ranhuras de parcómetros com cola quente.

A Câmara da Maia, em declarações ao Jornal de Notícias, falou em “atos de vandalismo”, que terão sido participados às autoridades.

Novas zonas de estacionamento pago em vigor desde ontem

Em nota publicada no sítio da autarquia e igualmente enviada à redação do Notícias Maia, a Câmara Municipal anunciou que “dos 622 lugares aprovados e homologados por deliberação da Assembleia Municipal da Maia de 17 de setembro, serão implementados 357”.

A Empresa Metropolitana de Estacionamento da Maia (EMEM) indica que este aumento de zonas de estacionamento de duração limitada “disciplina” o estacionamento, permitindo “estacionar a viatura na via pública, próximo do destino do automobilista, sem ter que o fazer em segunda fila e sem necessidade de perder tempo na procura de um lugar”.

Na mesma nota, pode ler-se que “a rotatividade da utilização dos lugares de estacionamento, a proteção de residentes e de pessoas com necessidades especiais, bem como a garantia de melhores condições de circulação no município, são valores que pautam a atuação da EMEM, EM”.

A autarquia esclarece ainda que “as Zonas de Estacionamento de Duração Limitada estarão devidamente identificadas pela sinalização vertical visível, em cumprimento do Código da Estrada e com os parquímetros em funcionamento”.

Por fim, o documento indica que é possível, caso sejam preenchidos certos requisitos, pedir um Dístico de Residente que permite o estacionamento sem pagar as taxas adicionais.

COMENTE
MaiaSymphonic

Publicidade

Publicidade

media & meios

Newsletter

Mais Populares

Top