Partilhas

Estas obras resultam do protocolo celebrado entre o Município e as empresas Brisa e Sakthi onde a ocupação do espaço público por parte das empresas privadas foi compensada com trabalhos de consolidação urbana.

As obras exigidas pela Câmara Municipal da Maia como contrapartida pela ocupação do espaço público em Vermoim e na Granja estão concluídas. Conseguiu-se assim a consolidação urbana de duas zonas do município.

Notícias Maia

Na Granja, freguesia de Águas Santas, a Brisa concluiu a ligação do Viaduto da Granja à Rua Manuel Francisco de Araújo, a norte da autoestrada, e à Rua Dom António Moutinho, a sul. As duas ligações em causa foram executadas através a implantação de rotundas, de forma a articular devidamente os respetivos cruzamentos.

A execução das ligações do Viaduto da Granja foram a contrapartida por parte da Brisa para a demolição da Passagem Superior Pedonal (que irá ser demolida no dia 14 de agosto) situada na Rua Manuel Francisco de Araújo sobre a A4. Este atravessamento pedonal desnivelado não cumpre as regras de acessibilidade universal e já foi restabelecido pelas ligações referidas do viaduto da Granja e pelos percursos pedonais universais, entretanto executados de acesso ao referido arruamento.

Estas obras resultam do protocolo celebrado entre o Município e a Brisa, no âmbito do alargamento da A4, e que incluíram a desativação da Escola da Granja e construção do novo Centro Escolar da Picua, bem como a relocalização para novas casas dos moradores de um pequeno conjunto habitacional. No âmbito deste protocolo, está ainda previsto o restabelecimento da Passagem Superior da Rua dos Coriscos e a beneficiação da Passagem Superior da A4 na Rua Dom Dinis.

Relativamente a Vermoim, na freguesia da Cidade da Maia, foi feita a consolidação urbana da rua Jorge Ferreirinha como contrapartida pela utilização do subsolo para o abastecimento energético da empresa Sakthi, nomeadamente com a construção de um passeio devidamente arborizado, de duas baias de estacionamento e de uma via para a recolha de utentes de transporte público.

Foi ainda feita uma passadeira elevada na Rua Jorge Ferreirinha que permitiu reduzir as velocidades praticadas no arruamento, aumentando significativamente a segurança na frente urbana referida.

Maia terá tanatório no espaço de dois anos

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.