fbpx

Notícias Maia

Porto Editora reforça instalações na Maia

© DR/Notícias Maia
Partilhas

A gráfica fez um investimento superior a 6 milhões de euros e vai inaugurar as novas instalações nesta terça-feira, dia 3.

O investimento da Porto Editora em instalações melhoradas surge no seguimento do incidente ocorrido em março de 2018 que levou à destruição parcial da gráfica. Este incidente tratou-se de um “fenómeno climatérico extremo”, difícil de catalogar pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), e que provocou a quebra severa na produção de livros.

Na data deste incidente, ficou comprometida a entrega de livros escolares, visto que, a Porto Editora é responsável por uma grande parte da produção de manuais para as escolas.

Este investimento traduz-se num bloco gráfico, agora com 12.887 m2, com uma capacidade de produção anual de 16 milhões de livros. Também o bloco logístico, apelidado de ‘Zuslog’, conta com 14.000 m2, uma capacidade de armazenamento de 12 milhões de livros, e eficiência para expedir de 12 a 15 mil volumes para distribuição.

A inauguração desta terça-feira contará com a presença do secretário de Estado Adjunto e da Mobilidade, José Gomes Mendes, e também do presidente da Câmara Municipal da Maia, António Silva Tiago. Irá também decorrer um ‘Open Day’ para a comunidade onde, entre várias atividades, será possível compreender as diferente etapas da edição de um livro.

COMENTE

Publicidade

Publicidade

media & meios

Newsletter

Mais Populares

Top