“Decidi retirar o meu nome aquando a consulta pública das listas e verifiquei alguns dos nomes que iriam fazer parte desse projeto”, afirma Angélica Lima.

A Presidente da Comissão Política das Mulheres Socialistas da Maia, Angélica Lima, informou que decidiu retirar o seu nome da lista do PS à Assembleia Municipal da Maia. Através de uma publicação na sua conta de Instagram, Angélica Lima adianta ainda que o pedido já foi aceite pelo Tribunal da Comarca do Porto.

Leonidas

No mesmo texto, a socialista explica que, quando aceitou ingressar na lista, “foi pelo respeito do camarada que vai como cabeça de lista [João Torres]”, que a mesma considera “uma pessoa de extrema confiança”.

“Decidi retirar o meu nome aquando a consulta pública das listas e verifiquei alguns dos nomes que iriam fazer parte desse projeto. Como não me revejo política e socialmente no que esses elementos representam e defendem, não poderia continuar a ingressar em tal projeto“, continua.

Angélica Lima diz ainda que seria contra todos os seus valores “acompanhar essas pessoas e o que as mesmas ao longo deste tempo defenderam”.

“Para fazer política e ser uma voz ativa na sociedade, não é necessário nenhum cargo. Porque eu estou na política para servir a política e não para me servir da política”, termina.

A Presidente da Comissão Política das Mulheres Socialistas da Maia não identifica os nomes que a fizeram desistir de integrar a lista do PS.

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas leem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.