Miguel Milhão, fundador e presidente da empresa, fala numa “espécie de sabotagem”.

Os sítios da Prozis e da Zumub estão inacessíveis desde quarta-feira em Itália, causando um prejuízo diário de vários milhares de euros. Este país é um dos principais mercados destas empresas Portuguesas.

Cozinca

Em declarações à Agência Lusa, Miguel Milhão, fundador e presidente da empresa portuguesa de nutrição desportiva Prozis, confirmou a ocorrência desta situação desde quarta-feira à noite. “Já estamos a investigar esta situação e a falar com a Vodafone e a Telecom Italia”, acreditando que se trata de “uma espécie de sabotagem”.

“Nós já estávamos a desconfiar que isto era sabotagem, mas se existe outra empresa com o mesmo problema da mesma área, então definitivamente é sabotagem”, referindo-se ao caso semelhante que afeta a Zumub e admitindo que a iniciativa parte da “concorrência italiana”.

“Alguém que tem a acesso à rede está ativamente a criar confusão para não ser possível aos clientes de Itália acederem ao portal” das empresas portuguesas, direcionando os respetivos DNS para o ‘local host’, ou seja, para o computador do próprio cliente, o que impede o acesso aos ‘sites’. Questionado quanto à probabilidade de se tratar de um problema técnico, não intencional, o presidente da Prozis diz que “seria como ganhar o Euromilhões”.

A empresa, que fatura 200 milhões de euros/ano, 50 dos quais Itália, estará a ter um prejuízo diário de cerca de 150 mil euros.

Outras empresas com o mesmo problema

Por sua vez, o diretor-geral da Zumub confirmou que a página da empresa está inacessível em Itália desde quarta-feira, tendo sido apurado que o mesmo acontecia com o site da Prozis e com um outro e-commerce espanhol de venda de suplementos alimentares.

“A situação manteve-se assim durante todo o dia de ontem [quinta-feira] e até ao momento”, explicou à Lusa Urbano Veiga, garantido que “os visitantes que acedem ao site recebem uma mensagem de erro porque o DNS [sistema que localiza e traduz os endereços dos sites para números IP] dos respetivos domínios foi bloqueado em Itália”.

“Estes bloqueios foram reportados por centenas de utilizadores italianos” e estão a ocorrer na Telecom Italia e Vodafone, ao mesmo tempo que “outros grandes e-commerce europeus de outras áreas de negócio continuam a funcionar dentro da normalidade”.

Ainda de acordo com Urbano Veiga, a Telecom Italia já afirmou que não existe nenhum bloqueio ativo. Até ao momento, a zumub.com não terá sido notificada por quaisquer autoridades italianas de que o seu sítio estivesse banido em Itália.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.