Só nos primeiros três dias desta semana, a Ryanair vai cancelar 20 voos de e para o Aeroporto Francisco Sá Carneiro.

Cozinca

Nesta segunda-feira, 18 de Setembro, foram afetados os voos que partiram do Porto com destino a Barcelona (dois voos), Malpensa (Itália) e Beauvais (Paris). Também não se realizaram os voos com destino ao Porto provenientes de Barcelona (dois voos), de Frankfurt e de Beauvais.

Na terça-feira, 19 de Setembro, cinco voos com partida do Porto e destino a Lisboa, Lorient (França), La Rochelle (dois voos) e Stansted (Londres) não se realizam. As chegadas também serão afectadas e encontram-se cancelados voos com partida de Lorient, La Rochelle e Stansted.

No dia 20 de Setembro, quarta-feira, não se realizam dois voos que partem do Porto em direcção a Lisboa e a Eindhoven (Holanda) e um de Lisboa para o Porto. Serão ainda afectados dois voos com destino ao Porto e que partem de Eindhoven e de Lisboa.

Segundo a BBC, os cancelamentos surgem depois de a companhia ter “feito asneira” aquando do planeamento das férias dos seus pilotos. Esta onde de cancelamentos deverá, segundo a companhia aérea irlandesa, extender-se durante as próximas seis semanas, afetando milhares de passageiros.

Se o seu voo for cancelado, poderá recorrer ao Regulamento (CE) n.º 261/2004 de forma a receber a devida compensação prevista na lei, que poderá atingir €600.

O regulamento pode ser consultado aqui.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.