Partilhas

A Central de Valorização Orgânica da LIPOR existe há 15 anos e já valorizou 647 608 toneladas de resíduos alimentares e resíduos verdes.

Há 15 anos, a LIPOR e os seus Municípios associados, iniciaram um projeto diferenciador de gestão de resíduos e proteção dos solos em Portugal.

Convicta

A Central de Valorização Orgânica é alimentada por um conjunto de circuitos que vão desde a recolha seletiva porta-a-porta em habitações, até à recolha em cantinas e restaurantes, passando por mercados, e grandes produtores. Desta forma, permite-se a recolha de biorresíduos com uma elevada qualidade e sem contaminantes, o que dá origem à produção de um corretivo agrícola natural – o NUTRIMAIS.

A LIPOR tem ainda projetos paralelos com o objetivo de potenciar, por exemplo, a redução do desperdício alimentar e promover o retorno ao solo da matéria orgânica que o enriquece.

Assim, o Embrulha. e o Dose Certa são projetos de prevenção da produção de resíduos em restaurantes e cantinas, que promovem o aproveitamento total das refeições, minimizando o desperdício, evitando a sua incineração ou deposição em Aterro.

Ao mesmo tempo, apostando na gestão descentralizada dos resíduos verdes e alimentares, a promoção do projeto de Compostagem Caseira tem sido uma forma preferencial de tratar localmente este tipo de resíduos. No âmbito deste projeto, a LIPOR já entregou 15 532 compostores domésticos e 67 compostores comunitários aos cidadãos de oito municípios, permitindo a valorização local de mais de 6 500 toneladas de biorresíduos por ano.

Maia assinala descida nas emissões de Gases com Efeito de Estufa

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.