A multinacional, sediada na Maia, publicou um documento onde explica a importância da temática e mostra de que forma vai implementar medidas para a igualdade de género até 2021.

Num comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, que pode ser consultado online em versão português e inglês, a gigante Sonae começa por reconhecer “a importância do contributo das organizações empresariais para uma sociedade plenamente democrática e inclusiva”. Neste sentido, a multinacional compreende que a integração de uma “perspetiva de Igualdade de Género em todas as áreas do Grupo” trará vantagens ao grupo e que a “diversidade de mulheres e homens em lugares de decisão é um fator crítico para o equilibro das organizações”.

Nonna Vespa

No documento a que a Sonae dá o nome de “Plano de Igualdade de Género” são inúmeras as páginas que explicam o processo de reconhecimento da importância do tema. Para o plano propriamente dito com “metas ambiciosas de representatividade”, está reservada uma página e meia. Entre as medidas a adotar, ao nível da política dos recursos humanos, a Sonae fala em “novas oportunidades e percursos de carreira que promovam a diversidade na atração e retenção de talento”.

Na esfera da liderança, a multinacional que detêm o Continente, compromete-se a “desenvolver programas de gestão de carreira para o género sub-representado” assim como pensa “desenvolver e implementar sessões formativas, ações de sensibilização e iniciativas de mentoring que preparem os líderes para gerir a diversidade das equipas e igualdade de género”.

Tendo em conta a dimensão da empresa, a Sonae explica que cada sub-holding terá de adaptar um plano à sua realidade que esteja alinhado com os pontos essenciais deste documento. Sublinha ainda que “a implementação do plano de igualdade será alvo de um processo regular de monitorização” por equipas criadas para esse efeito.

Um “Plano de Igualdade de Género” que, para a empresa, é apenas uma continuação dos “valores que têm vindo a ser ativamente incentivados, através de uma gestão e promoção de igualdade de oportunidades para todos, independentemente da sua função e enquadramento organizacional, assim como do seu género, etnia, idade, religião ou orientação sexual“.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.