Nos últimos seis dias, este é o quinto onde não há aumento de casos. O boletim da DGS desta sexta-feira indica 763 casos na Maia, o mesmo valor do dia anterior.

O número de resultados positivos no concelho da Maia, comunicados pela Direção-Geral de Saúde, não cresceu pelo quinto dia entre os últimos seis. Há assim, segundo os dados oficiais, um total de 763 infeções detetadas até ao dia de hoje.

Ordem dos Advogados Maia

Os municípios com o maior número de casos são Lisboa (1271), Vila Nova de Gaia (1163), Porto (1103),  Braga (950), Matosinhos (934), Gondomar (894), Maia (763) e Valongo (655).

Desde 1 de março foram feitos 317 mil testes de diagnóstico em Portugal. Na última terça-feira foi o dia com mais amostras, 14769 testes, das quais 7,6% com resultado positivo.

O primeiro-ministro, António Costa, anunciou esta sexta-feira que vai decretar para o próximo fim de semana prolongado, que coincide com o feriado do 1º de Maio, a proibição das deslocações entre concelhos, tal como na Páscoa.

Casos por 100 mil habitantes em municípios nos arredores da Maia

Município Casos Covid-19 Casos por 100 mil habitantes
Valongo 655 680,6
Maia 763 555,9
Gondomar 894 539,8
Matosinhos 934 536,6
Porto 1103 513,2
Santo Tirso 282 412,4
Vila Nova de Gaia 1163 387,8
Trofa 115 300,4
Vila do Conde 212 266,7

Segundo dia consecutivo com mais de 30 mortes

Portugal tem 22797 casos confirmados de Covid-19, segundo o Relatório da Direção Geral da Saúde desta sexta-feira, dia 24 de abril. Houve um aumento de 444 novos casos (+2%). Já o número de mortes subiu de 820 para 854, mais 34, com especial incidência no Norte, o que fez subir a taxa de letalidade para 3,75%. O número de casos recuperados é agora de 1228, mais 27 (+2,2%).

O Norte voltou hoje a ser a região com o maior aumento de casos em termos brutos confirmando a tendência das últimas duas semanas, quase com o triplo do total de todas as restantes regiões do país: 325.

Covid-19. O que se passa com o número de infetados da Maia?

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.