Com o seu estabelecimento temporariamente fechado devido à pandemia, os proprietários do Restaurante “Convite”, na Maia, confecionaram e entregaram algumas refeições para os profissionais do Hospital de São João no Porto.

António Araújo e Maria do Carmo são os proprietários do Restaurante Convite, em Pedras Rubras, na Maia.

Cozinca

Com o estabelecimento temporariamente encerrado devido à situação de pandemia que o mundo atravessa, estes maiatos quiseram pôr mãos à obra e ajudar.

Ao NOTÍCIAS MAIA, Rúben Araújo, filho dos proprietários do restaurante, explicou que existia uma vontade grande em ajudar, principalmente por parte de Maria do Carmo que, tendo estado internada no Hospital de São João em 2014, “ainda hoje sente estar em dívida para com os profissionais”.

Neste sentido, foi contactada uma enfermeira, amiga da família e parte da equipa do São João, para se compreender como poderia ser prestada essa ajuda.

Virgínia Regufe, a enfermeira em questão, também maiata, sugeriu que fossem levadas “algumas refeições para distribuir num determinado turno, a uma equipa de enfermeiros”.

Esta quinta-feira foram entregues no Hospital de São João as primeiras refeições mas, para a semana, “voltamos a entregar mais refeições, a um outro turno“. Esta gestão é importante para que não exista desperdício alimentar.

O Restaurante Convite está encerrado desde dia 16 de março e, por “ainda não estarem reunidas as condições de segurança para que se possa proceder ao serviço ao público”, os proprietários preferem continuar fechados ao público e sem serviço de take-away. Como toda a equipa do restaurante está em casa, as refeições foram confecionadas pelos próprios donos.

Numa publicação partilhada no Facebook do Restaurante Convite pode ler-se: “Hoje, em jeito de agradecimento e também transmitir apoio, entregamos refeições aos que nos protegem. Dão o “corpo às balas”. A nós, resta-nos fazer o que nos incumbe: cumprir o que eles nos pedem e mantermo-nos longe do vírus”.

A revista Notícias Maia completa um ano de vida. Conheça a história.

COMENTE

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem o NOTÍCIAS MAIA, jornal digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O NOTÍCIAS MAIA é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler o NOTÍCIAS MAIA, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar o NOTÍCIAS MAIA - e só demora um minuto. Obrigado.